Quando alguém diz ter machucado o joelho, é muito comum citar a lesão no menisco. Isso porque ele é uma das estruturas que mais sofrem lesão nessa região. E quais as funções dos meniscos? Basicamente distribuir as forças de pressão exercidas sobre a articulação do joelho. Ou seja, proteger a cartilagem articular de receber muita pressão sobre uma área pequena. Sem os meniscos, essas forças na articulação se concentrariam em uma pequena área, o que levaria à degeneração da cartilagem, uma condição que corresponde à artrose.

Mais jovens

A lesão no menisco pode acontecer em qualquer idade. Nos mais jovens, o menisco é bastante resistente e elástico, e geralmente as lesões estão ligadas a uma entorse que ocorreu no joelho. Geralmente as lesões acontecem ao praticar algum esporte como futebol (leia também os perigos de jogar futebol com artrose), tênis ou alguma atividade que exija rotações rápidas, mudanças de direção, parada brusca ou até quando o atleta precisa cravar a perna de apoio no campo, devido ao uso da chuteira com cravos, e roda a perna para dar o chute com a perna contra lateral. Esse movimento de rotação gera uma enorme carga sobre o menisco, causando a lesão.

Pacientes mais velhos

À medida que envelhecemos, o menisco vai ficando mais fraco, desidratado e com menor elasticidade. Assim, traumas de baixa intensidade podem causar lesões – às vezes movimentos simples como subir e descer escada já podem causar algum estrago.

Sintomas da lesão no menisco

A dor é o sinal mais comum. Ela pode ser sentida ao longo da borda da articulação do joelho, ou atrás do joelho, ao abaixar, descer escadas ou subir. Há casos em que o paciente não sabe especificar onde é a dor, já que envolve o joelho como um todo. Em lesões crônicas o joelho pode inchar – é quando se diz popularmente que há água no joelho.

Como tratar a lesão no menisco

Antes de qualquer medida, procure um ortopedista que vai diagnosticar seu histórico e fazer um exame físico. O médico vai investigar onde a dor está, se você já teve algum bloqueio, e se há alteração no movimento do joelho. Ele deve pedir também uma ressonância magnética (RNM), para avaliar a lesão.

Há duas opções de tratamento para as lesões meniscais. O tratamento inicial se concentra em diminuição da dor e do inchaço no joelho, e inclui repouso e medicamentos anti-inflamatórios. Às vezes é necessário até punção para diminuir o inchaço, aliviar a dor e possibilitar a movimentação precoce da articulação. Muletas e uma órtese de imobilização podem ser usadas.

Quando fazer a cirurgia

Quando há indicação, ou seja, nos casos em que há interposição de um fragmento de menisco travando a articulação e nos casos em que a lesão ocorre na parte central (zona branca) e média (zona vermelho-branca) do menisco, é indicada a cirurgia. A artroscopia de joelho é a técnica mais indicada. É um procedimento seguro e avançado, que utiliza uma micro câmera com fibra ótica para acessar o joelho, e realizar duas pequenas incisões para que a cirurgia restabeleça os meniscos. Entenda mais sobre a artroscopia de joelho.

Outros artigos

  • quem tem artrose pode fazer corrida?

Quem tem artrose pode fazer corrida?

Quando a pessoa sabe que tem artrose, sempre surge a dúvida: Quem tem artrose pode fazer corrida? Antes de responder, vale destacar: desde que seja uma atividade moderada - entende-se por [...]

FALE CONOSCO

Você pode entrar em contato pelos telefones, redes sociais ou pode enviar uma mensagem