A artrose limita as atividades de 24 milhões de pessoas só nos Estados Unidos, de acordo com a Centers of Disease Control and Prevention.

E esse número vem aumentando mais e mais, a cada ano. Com o sobrepeso, a falta de tratamento, a baixa ingestão de nutrientes adequados para fortalecer os ossos, a expectativa é de ainda mais pessoas tenham a doença. Hoje, no Brasil, a artrose é a quarta causa determinante de aposentadoria.

Como conviver com artrose em estágio inicial?

  • Tenha um ortopedista para acompanhar o quadro

    Parece uma dica óbvia, mas é essencial ter um médico ortopedista que faça avaliações periódicas do seu caso e acompanhe a evolução da doença. Ele vai investigar as causas, saber as peculiaridades e seu histórico médico. Isso não se faz em consultas rápidas demais. Exigem do médico experiência e conhecimento para o melhor diagnóstico.

  • Faça exercícios

    Não seja sedentário e nem vire um atleta depois de descobrir a artrose. É preciso orientação médica de quais atividades podem ser feitas, e quantas vezes por semana, as posições certas e a intensidade dos exercícios.

  • Saiba as causas da artrose

    Se for Lesão por Esforço Repetitivo (LER), é preciso interromper ou diminuir essas atividades. Determinar a causa será importante para que o médico avalie o caminho a seguir.

  • Tome os remédios certos, não se automedique

    Você vai perceber que analgésicos (como Paracetamol, mais indicado) apenas aliviam os sintomas, e não tratam a doença. Alguns medicamentos podem frear a ação de desgaste das articulações, mas é preciso consultar um médico para que ele receite o melhor tratamento ao seu caso.

  • Cuide dos sapatos

    Para as mulheres, o uso de saltos potencializa dores porque a pressão sobre o joelho é grande. É preciso adequar os calçados à sua nova condição. Use os sapatos mais baixos, e troque por saltos apenas quando não puder evitar. Ainda assim, use saltos de boa estabilidade. Esqueça os finos e muito altos – quanto mais altos, maior o perigo.

  • Evite compensar posturas

    Difícil conviver com dor. Sabemos disso, e sei também que muitas pessoas começam a ter posturas erradas, achando que elas vão aliviar as dores. Saiba o que fazer quando elas surgirem.

  • Não tenha medo se o médico indicar a cirurgia

    Nesse caso, o único tratamento eficaz é cirúrgico. Hoje, entre as alternativas existentes, a cirurgia de prótese Via Anterior (AMIS) é a técnica de melhores resultados que já vi nos anos de Medicina. Só ela é capaz de aliviar completamente as dores da artrose e devolver o bem-estar e a vida normal que os pacientes tinham antes da doença. Conheça a técnica AMIS.

Outros artigos

VOLTAR PARA TODOS OS POSTS

FALE CONOSCO

Você pode entrar em contato pelos telefones, redes sociais ou pode enviar uma mensagem

Agendar uma consulta
WhatsApp
Formulário